Quais os documentos necessários para casar?

26 maio, 2015 por admin

Antes de definir vestido de noiva, organizar a festa de casamento e se preocupar com os pequenos detalhes da cerimônia, é importante a noiva ir atrás da documentação para se casar.
A grande maioria dos noivos não se atentam a esse requisito e acabam se atrapalhando ao lembrar da importância deles – Até porque sem a documentação necessária, não há casamento.

A primeira coisa antes de planejar o casamento é marcar o casamento civil. A documentação até pode ser realizada durante a cerimônia ou até mesmo após, mas jamais poderá ser realizados dias depois. Como algumas documentações são complicadas, como a certidão de batismo atualizada, o indicado é ir atrás deles com o maior tempo de antecedência.

vestido de noiva

Tipos de documentação para o casamento

Dependendo do tipo da cerimônia se não houver a documentação necessária o padre ou juiz de paz poderão se negar de realizar o casamento. Fique atenta as documentações:

Documentação para igreja       
As igrejas normalmente pedem até um mês de antecedência tais documentos:

  • Cópia autenticada do RG e CPF do casal;
  • Cópia de comprovante de residência;
  • Certificado do curso de noivos;
  • Batistério atualizado;
  • Transferência (licença) de paróquia – necessária quando você não vai casar na igreja do seu bairro;
  • Carta do padre e cópia da identificação presbiterial – caso não seja o padre da própria paróquia;
  • Data do casamento civil, nome e número do cartório;
  • Declaração do cartório – apenas se o casamento civil for realizado na festa, após a igreja;
  • Ficha de duas testemunhas que constam na ata da celebração e certidão de casamento – não pode ser pai, mãe, nem menores de 18 anos – A ficha deve conter os seguintes dados: nome, profissão, idade, RG, estado civil, nacionalidade e endereço completo das testemunhas.

Documentação para casamento civil
Os noivos precisarão de testemunhas para as duas seguintes ocasiões: na hora de dar entrada ao processo de habilitação e no dia do casamento.

  • Certidão de nascimento atualizada;
  • RG original;
  • Comprovante de residência;
  • Duas testemunhas com RG original.

Para determinadas situações de casamentos anteriores ou de outras nacionalidades, além desses documentos são importantes outros também:

Noivos divorciados: será preciso da cópia autenticada da Certidão de Casamento anterior e da averbação do divórcio.

Noivos viúvos: assim como os noivos divorciados, será preciso cópia autenticada da certidão de casamento e da certidão de óbito do cônjuge.

Noivos estrangeiros: já para os noivos estrangeiros requer um pouco mais de cuidados, pois será preciso providenciar certidão consular – retirar no consulado do país de origem – ou certidão de nascimento original, com carimbo da Embaixada Brasileira, feita por tradutor público juramentado e registrado em Cartório de Títulos e Documentos, ou levar uma cópia autenticada do Registro Nacional de Estrangeiros.

Cada cartório tem suas próprias normas e valores, verifique antes com o cartório perto da sua região sobre o que será necessário.

Após definir toda a documentação agora sim é hora de pensar no vestido de noiva e no grande dia.

Veja mais algumas dicas no vídeo abaixo

Usar ou não o véu no vestido de noiva?

21 maio, 2015 por admin

O véu era antigamente um símbolo indispensável para o complemento do vestido de noiva e para o significado do casamento. O qual simbolizava, dependendo da religião, mas na grande maioria, a pureza da noiva. Atualmente assim como o casamento, o véu também sofreu algumas alterações e hoje é buscado apenas como mais um acessório.

Um véu longo e transparente é visto por todos os convidados com muita elegância e com a emoção redobrada, pois traz uma beleza exuberante. Contudo ele não é um acessório que todas as noivas optam em usar, pois isso dependerá além do estilo do casamento com o perfil da noiva. Para quem decidir em acrescentar o véu a sua vestimenta deve escolher dentro de uma variedade de modelos qual combinará com o vestido de noiva e com a personalidade de quem irá usar.

Antes de escolher o estilo do véu é importante levar alguns pontos em consideração, tais como:

  • Há vários acabamentos para o véu, podendo escolher algo com brilho, acabamento normal ou até mesmo alternar nas cores. O mais normal é o branco fosco, mas para garantir que irá combinar com o seu vestido, peça amostras do véu.
  • Cuidado para não esconder os detalhes do seu vestido, por exemplo, se o vestido tem detalhes nas costas busque optar por um véu longo transparente ou mais curto, os quais darão visibilidade ao detalhe.
  • Considere o penteado que irá usar para combinar com a escolha, no caso de escolher por um véu mais pesado e de várias camadas busque um penteado preso como um coque.
  • O véu moldura o formato do rosto, por isso deve levar isso consideração escolhendo um que lhe favoreça.

Há diversos pontos a serem analisados, converse com seu estilista e peça sugestões.

vestido de noiva

Tipos de véu para cada modelo de vestido de noiva

Após determinar todos os pontos a cima veja quais os modelos de véu para cada modelo de vestido de noiva:

vestido de noivaVéu cotolevo
Como o próprio nome já diz é um véu que tem o comprimento aproximadamente até o cotovelo, coincidindo com a cintura. Pode ser usado com qualquer tipo de vestido de noiva, porém há determinados modelos de vestidos longos que não ficam bons. Experimente antes de decidir.

vestido de noivaVéu catedral
Esse tipo de véu é normalmente usado para vestido de caudas longas, mas que deve ser maior que a cauda. São véus formais e devem ser usados em casamentos nesse estilo. Cerimônias à noite e em lugares fechados são o ideal para esse tipo de acessório, não sendo indicado para casamentos em lugares abertos.

vestido de noivaVéu ombro
É indicado para casamentos informais realizados de dia e ar livre como jardins e campos. O comprimento do véu vai até o ombro e fica ótimo para vestido tomara que caía e vestido mais curto.

O véu não é um item fundamental para o complemento da noiva, mas com certeza um véu bem inserido no contexto dará total diferença durante a cerimônia.

 

Entrevista: noiva conta sua experiência com a Feira da Noiva

19 maio, 2015 por admin

Fazer parte da lista de convidados de um casamento não é para qualquer um é preciso no mínimo ser especial aos noivos. Dificilmente não verá alguém lisonjeado por esse convite, e é exatamente assim que a Feira da Noiva também se sente. Tivemos e temos a honra de participar de muitas histórias de amor ao longo desses anos, de forma indireta, mas geralmente com o item mais importante da cerimônia: o vestido de noiva. E nos sentimos gratificantes ao ver uma mulher realizada e linda no seu grande dia com o vestido que tanto desejou.
Todo o cuidado em cada vestimenta e serviços oferecidos são pensando exclusivamente na satisfação do cliente e agora com a intenção de fazermos ainda mais parte dessa história gostaríamos de ouvir a opinião de quem nos escolheu para esse dia tão especial, e saber como foi à escolha dês do primeiro item da cerimônia até os comentários de seus convidados sobre todos os elementos do casamento.

vestido de noiva

Lenita Camargos, 26 anos, conheceu seu marido, Saul dos Santos, 27 anos, por intermédio de amigos em comum, gerando boas conversas, mensagens e muito amor durante seis anos de namoro. Com a certeza de serem as almas gêmeas um e do outro decidiram se casar após um ano de noivado, realizando a cerimônia no final do ano passado em um local semi-aberto localizado em Itapecerica da Serra. Composto por muita elegância e beleza.

Feira da noiva: Achar o vestido de noiva provavelmente não é uma tarefa fácil. Quantas lojas você visitou anteriormente até encontrar a Feira da Noiva?
Lenita: Antes de sair em busca de lojas, procurei por referências e modelos de vestidos em blogs e revistas sobre o tema. E, constatei muitos comentários sobre a Feira da Noiva, assim, mesmo sem ter um modelo definido, minha primeira visita foi a Feira da Noiva.

Feira da noiva: Por que a Feira da Noiva te conquistou? Qual foi o nosso diferencial?
Lenita: Fui acompanhada da minha mãe e irmã e fomos muito bem recebidas no local. Uma atendente me encaminhou e comecei a provar alguns modelos que me agradavam, mas ainda não tinha encontrado “o vestido”. Assim, enquanto fazia mais uma prova, minha mãe avistou um modelo lindo no corpo de outra noiva e como ela não havia fechado, eu decidi provar. Foi amor à primeira vista!!! Foi nesse momento em que decidi que seria aquele vestido, que caiu certinho. Por isso, posso afirmar, sem sombra de dúvidas, que foi neste momento que a Feira da Noiva me conquistou. Por seu diferencial na modelagem do vestido, pois não localizei nenhum modelo parecido em outras lojas e acredito que fiz uma escolha perfeita e única pra mim.

Feira da Noiva: Para escolher um “look” no dia a dia, a mulher troca de roupa diversas vezes. Não seria diferente para a escolha do vestido de noiva ideal. Sabendo disso, conte-nos quantos vestidos foram experimentados para que finalmente tenha escolhido o modelo
utilizado no altar? Já era o que imaginava ou mudou de ideia quando viu o modelo?
Lenita: Eu não tinha decidido o modelo de decote exato, mas apostava no modelo “sereia”. Na própria Feira, provei cerca de três modelos, mas no quarto não tive dúvidas e percebi que era aquilo que imaginava.

Feira da Noiva: Muitas noivas têm dúvidas do que fazer com o vestido de noiva, se compra ou aluga. Qual é sua opinião sobre isso? Seu vestido foi alugado ou comprado?
Lenita: Eu pesquisei bastante sobre os prós e contras da compra do vestido de noiva, pois também tinha dúvidas quanto ao aluguel. Mas, optei por alugá-lo mesmo. Primeiro, pelo custo benefício. Segundo, pela parte prática de ter que guardar um vestido desse tipo sem que pudesse utilizá-lo novamente em curto prazo. Achei desnecessário.

Feira da Noiva: Criar um vestido de noiva requer muitas etapas e detalhes que enriquece ele num todo. Para começar a procurar seu vestido, você especificou um limite de valor? Conseguiu cumprir o valor estabelecido ou acabou ultrapassando?
Lenita: Com o planejamento do casamento sempre estipulamos valores para cada item. Porém, pra mim, o vestido de noiva foi um dos itens que me permiti gastar conforme meu gosto. Prezei pela minha satisfação pessoal e o preço ficou em segundo plano. Por isso, o preço foi superior ao quanto previsto inicialmente, tendo em vista que optei por um modelo de primeiro aluguel, que geralmente são mais caros.

vestido de noiva

Feira da Noiva: A Feira da Noiva possui parceiros que oferecem diversos serviços desde aluguel de carro, vestidos das madrinhas, alianças, sapatos, fotografias, entre outros. Você contratou mais algum serviço além do vestido de noiva? 
Lenita: Como já havia orçado praticamente todos os itens antes da escolha do vestido, não utilizei outros serviços indicados pela Feira.

Feira da Noiva: A roupa do noivo geralmente é escolhida pela noiva. Foi você quem escolheu o modelo do seu noivo também? Ele deu palpite sobre o que gostaria de usar?
Lenita: No nosso caso, meu noivo foi quem definiu o estilo da roupa que usaria. Mas, após algumas provas fui eu quem deu a palavra final na escolha. Inclusive, quanto à roupa dos padrinhos e madrinhas.

Feira da Noiva: Acredita que para escolher um vestido de noiva é importante estar acompanhada ou é melhor estar sozinha para não confundir-se com diversas opiniões? Você estava acompanhada por quem no dia de escolher seu vestido?    
Lenita: No dia que escolhi meu vestido estava bem acompanhada por minha mãe e minha irmã. Aliás, foi minha mãe quem bateu o olho no vestido primeiro e me pediu para que provasse. Como ela conhece meu gosto, acertou em cheio e eu amei! Não poderia ter tido companhia melhor.

Feira da Noiva: Para aquelas noivas que ainda não escolheram o vestido de noiva, qual é a dica que você daria?   
Lenita: Acredito que o primeiro passo seja a pesquisa sobre os modelos que combinam com seu corpo e a definição do seu estilo. Depois, basta correr para as provas. Nem sempre o que vemos em fotos caem bem no nosso corpo, por esse motivo também é importante ter a mente aberta para provar modelos diferentes dentro do nosso perfil e assim ter mais segurança na hora de decidir.

Feira da Noiva: Você indicaria a Feira de Noiva para suas amigas? Quais foram os benefícios e vantagens da Feira da Noiva em sua opinião? 
Lenita: Eu indico! Além da imensa quantidade de modelos para todos os corpos, gostos e bolsos, ao visitar a Feira, a noiva pode provar e desfilar com o vestido para já imaginar como será no grande dia. Aposto que até as noivas mais indecisas sairão de lá com o vestido fechado.

vestido de noiva

Veja mais sobre o belíssimo casamento da Lenita e Saul.
E a vocês, noivos, o nosso muito obrigado e os mais sinceros votos de felicidades.

O vestido de noiva deve ou não esconder a tatuagem?

14 maio, 2015 por admin

Geralmente as pessoas caem em questionamento se o vestido de noiva deve esconder ou não a tatuagem. É importante ressaltar que no dia do casamento o estilo dos noivos deve estar inserido em cada detalhe, e com certeza ao fazer uma tatuagem além de ser uma decisão para a vida toda, ela reforça e imprime a personalidade da pessoa em questão, devido a isso, porque esconder a tatuagem?

A partir do momento que a tatuagem foi feita é preciso aceitá-la para a vida toda já que não tem mais como voltar atrás e no dia do casamento não deve ser diferente, o interessante nessa ocasião é achar um vestido de noiva que mostre e favoreça sua tatuagem, deixando visível sua característica e estilo.

Isso também serve para as madrinhas tatuadas que ficam preocupadas em como esconder sua marca. A noiva ao escolher a madrinha com certeza sabe das características daquela pessoa e se isso incomodá-la deve ser falado antes, caso contrário opte por algo que a valorize.
Para as noivas e noivos o dia é de vocês e pode ser feito o que desejarem, mas sem fugir do contexto. Todos que estão no casamento conhecem os noivos e já esperam por algo bem diferente e moderno.

Como esconder a tatuagem?

Para as noivas que pretendem esconder a tatuagem por algum motivo pessoal ou porque os pais nunca gostaram ou ainda por ser um casamento muito religioso e não se sentir bem com ela amostra, procure um profissional que poderá lhe dar dicas valiosas para esse resultado, mas você também pode fazer sozinha. Veja no vídeo abaixo:

Modelos de vestido de noiva que favorecem a tatuagem

Para aquelas que querem mostrar a tatuagem é interessante apostar em vestidos que valorizem sua marca:

Tatuagem nas costas: muitos modelos de vestido de noiva trazem essa vantagem de ter aberturas nas costas e isso ajuda a realçar o desenho. Aliás, tatuagem neste local é favorável tanto para quem quer mostrar quanto esconder, visto que há diversos modelos lindos fechados nas costas.

Tatuagem no braço: invista em vestidos tomara que caía ou até mesmo de mangas finas. Manga comprida de renda não fica legal, pois não conseguirá ver a tatuagem nitidamente e parecerá que tem uma mancha por debaixo do tecido.

Tatuagem no ombro e no colo: para ambos os estilos os vestidos tomara que caía são o ideal, pois deixa a tatuagem visível sem ficar metade escondido e metade a mostra.

Tatuagem foi feita para apreciá-la e complementar o estilo de quem fez, portanto, se o casamento permitir, deixe-a a mostra e faça dela ainda mais glamorosa.

A importância das unhas para as noivas

12 maio, 2015 por admin

No dia do casamento não é só o vestido de noiva que será reparado, mas sim a noiva como um todo, desde cabelo até sapato. Tendo a importância de cada detalhe nesse dia.
Há quem diga que as mãos das mulheres são a parte que define a delicadeza e a feminilidade, concordando ou não com a afirmação no dia do casamento não tem como deixar de dar à devida atenção as unhas. Até porque em muitos momentos serão elas o foco principal das fotos: na troca de alianças, no brinde dos noivos, segurando o buquê, ou seja, não tem como deixá-las por fazer, isso está fora de cogitação.

Apesar de não ser do cotidiano do homem, é importante que ele também faça as unhas, cortando-as, tirando a cutícula, lixando e se quiser passar uma base é o ideal, tendo o mesmo objetivo do que a noiva: as fotos.
Para as noivas a variedade de desenhos e pinturas são enormes e deve ser escolhida aquilo que imprima seu estilo e que também esteja inserido no contexto do casamento, inclusive com o vestido de noiva. Se a noiva gosta e sempre optou por algo mais discretos, mantenha a personalidade nas unhas, caso ao contrário, se a noiva não gostar de uma cor só e quiser extravasar, também é permitido, desde que seja realmente o seu perfil, se ambas fizerem o oposto causará estranhamento tanto para os convidados que já a conhecem quanto para a própria noiva.

vestido de noiva

5 modelos de unhas para as noivas

Há uma variedade de modelos de unhas e ela poderá se estender de acordo com o estilo da noiva. Mas é importante que a unha seja pintada somente no dia do casamento, garantindo uma pintura perfeita para o grande dia. Já cortar, lixar e tirar a cutícula isso pode ser feito dias antes. No caso de escolher uma unha bem diferente é indicado fazer o teste antes para ver se é realmente do agrado, converse com a manicure antes para acertar cada detalhe.

Ainda que o leque de opções seja grande as noivas optam por cinco tipos mais tradicionais para esse dia:

unhas-para-casamentoEstilo francesinha 
O modelo francinha é o estilo mais escolhido entre as noivas, isso porque ela traz uma delicadeza e pode combinar com qualquer estilo de vestido de noiva ou qualquer personalidade. O mais tradicional são as francesinhas com as pontas brancas, mas ele pode ser com as pontas douradas, prata, com brilho ou colorida. Tudo dependerá da criatividade da profissional e da personalidade da noiva.

unhas-para-casamentoEstilo brilhante 
Talvez esse seja o segundo estilo mais procurada, devido aos mesmos motivos anteriores. O estilo também pode realizado de diferentes formas, sendo apenas em uma unha, ou nas pontas, só na base, fazendo formas geométricas etc.

 

unhas-para-casamento

 Desenhadas
Algumas noivas preferem imprimir o estilo ou a temática do casamento em suas unhas e por isso optam por unhas bem desenhadas. Os desenhos mais comuns são corações, flores e a roupinha dos noivos, mas a criatividade vai além e cada um acaba criando os mais diversos desenhos se assim encontrar uma boa profissional.

unhas-para-casamento

Strass
O strass é muito utilizado, pois ele dá um ar delicado e podendo brincar com os formatos. Eles são usados de diferentes formas também, mas é importante tomar cuidado para não exagerar no brilho e ficar algo muito extravagante.

unhas-para-casamentoEstilo rendado 
Unhas com rendas são bem trabalhoso, mas fica um acabamento bem bonito. Eles combinam bem com os vestidos de noivas que geralmente carregam a renda em seu tecido. Mas para ser algo bem delicado e bem feito é preciso de um bom profissional.

As opções se estendem para diversos modelos, inclusive os básicos com apenas duas camadas de cor neutra, mas o nail art – arte nas unhas – está em alta e vale à pena investir em algo diferente, desde que faça parte da sua personalidade.

Certo ou errado para o vestido de noiva

7 maio, 2015 por admin

Falar de ‘gostos’ é algo muito particular e torna difícil relatar o que é errado ou certo, especialmente no dia do casamento ou com o vestido de noiva. O fato é que muitas vezes as mulheres se empolgam com a chegada do grande dia e não conseguem ter uma visão geral do que escolheram.
A opinião da noiva deve ser respeitada sempre, porém como o vestido tem que ornar com a festa e vice e versa há alguns pontos que podem soar como certo ou errado aos olhos dos convidados e possivelmente até da noiva futuramente.

vestido de noiva

Para que esse tipo de gafe seja evitado veja algumas dicas para ajudar na escolha do vestido de noiva:

  • Noivas acima do peso com decotes quadrados que esconde o colo – ERRADO
    O decote quadrado para quem esta acima do peso dá a impressão de um corpo mais largo, não a favorecendo. Opte por decotes em U ou em V, eles ajudam a equilibrar o corpo.
  • Usar vestido de noiva tomara que caía com um maxi colar acima do decote – CERTO
    Evite usar um maxi colar abaixo do decote, isso não é visualmente bonito. Colares, gargantilhas ou brincos grandes são indicados para o modelo de vestido tomara que caía.
  • Tomar sol dias antes do casamento e deixar a marquinha do biquíni – ERRADO
    Marquinhas de biquíni não são elegantes ainda mais no dia do casamento. Evite tomar sol perto do grande dia, problemas como insolação ou descascamento da pele podem frustrar a noiva e consequentemente estragar sua festa.
  • Noivas que querem esconder os braços gordinhos podem usar boleros – ERRADO
    Bolero de manguinhas chamam a atenção justamente para onde não deseja chamar: os braços. Opte por mangas largas ou os aceite livres, tem variáveis modelos de vestidos e com certeza terá um que a favorece em todos os aspectos.
  • Às noivas baixinhas devem evitar buquê de cascata – CERTO
    Para pessoas de baixa estatura não é indicado o uso do buquê de cascata, pois ele tirará a visão do vestido. Buquês clássicos são o ideal.
  • Cores, sapatos e buquê não precisam combinar com a decoração da festa – CERTO
    Algumas noivas acreditam que a mesma flor da decoração deve ser usada no buquê, ou que as cores do casamento têm que estar inserida também na roupa, além de soar feio deixa o ambiente muito over tendo todas as cores no mesmo tom. Variedade das cores com bom senso está liberada.
  • Noivas altas podem usar sapatos bem altos – ERRADO
    Fica a critério da noiva o tamanho do seu sapato, mas o indicado é que as noivas altas optem por algo baixo para não ficar algo muito extravagante. Vestido de noivas estilo sereia é apropriado para mulheres dessa estatura.
  • Noivas plus size podem usar véu – CERTO
    Está certo desde que use bem acima da cabeça e não no meio da cabeça, pois dessa forma dará a impressão de ser mais baixa. Véus curtos estão proibidos para os modelos plus size, neste caso opte por véus longos.

O desejo de casar é uma vontade antiga das mulheres que durante anos já programaram sua festa mentalmente, mas ao chegar aos preparativos ela se deparará com diversos detalhes que não haviam previsto as deixando confusas sobre as escolhas. Neste caso opte por uma consultora que lhe ajudará com a variedade de detalhes para decidir sobre seu casamento.

Vestido de noiva para o casamento civil

5 maio, 2015 por admin

O casamento vem se moldando conforme as transformações do mundo e atualmente existem três tipos de casamentos:

  • Religiosos: realizado em igrejas com a presença de padre ou pastor;
  • Civil: realizado em cartório por juízo de casamento;
  • Cerimoniais: realizados em diferentes lugares como, praia. Tendo a bênção de um juiz de paz.

Todos os casamentos têm o mesmo valor perante aos noivos e é isso que deve importar. Contudo não tem como negar que o casamento civil é uma cerimônia que exige menos preparativo e decorações, mas o vestido de noiva não pode faltar.
Com o fato de ser uma cerimônia pequena os vestidos bufantes não combinam com o estilo, mas o vestido branco básico, simples e lindo é muito bem-vindo nesta ocasião.

Defendemos o fato de que o vestido deve ser do agrado e do estilo da noiva, no entanto com o fato do casamento civil ser realizado em um lugar público sem a privacidade necessária, acaba se tornando algo inapropriado abusar da vestimenta com brilhos, saiotes bufantes e caldas longas. O vestido precisa combinar, principalmente, com o estilo do casamento.

Não é só porque será um vestido mais simples e com menos detalhes que isso significa ser algo sem graça, como já diz o ditado “menos é mais”, tornando o vestido tão lindo e especial como qualquer outro.

vestido de noiva

Dicas de vestido de noiva para o casamento civil

Diante algumas restrições que o casamento civil pede, seguem algumas dicas que pode ajudar na hora de escolher o vestido:

  • Vestido longo está liberado, desde que seja simples e reto, mas ele fica algo muito elegante sem chamar atenção demais;
  • Véu não é aconselhável, mas no caso de querer algo mais elegante opte por substituir por chapéu;
  • O casamento civil é permitido usar vestido branco ou colorido, fique a vontade para escolher a cor que desejar;
  • Vestido de noiva modelo de princesa, que são curtos com saiotes bufantes, também é indicado não sendo algo chamativo, mas que segue uma linha com mais detalhes;
  • Renda é muito usada nos vestidos de noiva e nessa ocasião também é sugerido, sendo detalhe simples que dão toda a diferença;

O casamento civil é escolhido por diversos motivos, porém isso não faz dele algo menos importante ou especial. Assim como qualquer outro tipo de casamento, o casamento civil é o símbolo da união através do amor e isso é o que importa.

Álbum de casamento: como ser criativo?

30 abril, 2015 por admin

O dia do casamento não é só uma data importante para os noivos, mas também para muitos convidados como os pais, os padrinhos que geralmente são pessoas próximas, familiares, filhos entre tantas outras pessoas que fazem desse dia tão especial. Por conta disso todo mundo deseja e faz com o que o casamento saia o mais perfeito possível. Contudo muitas coisas das cerimônias antigas perderam um pouco de força nos dias de hoje como, por exemplo, álbuns de veludo e fotos tradicionais. Hoje em dia os noivos querem guardar algo original e espontânea e isso implica justamente nas criatividades das fotos dos casamentos.

Atualmente fotos de making of são muito comuns, as quais mostram todas as preparações do grande dia, maquiagem, o vestido de noiva, sapato entre outras, porém essas ainda por mais renovadas que sejam não são das mais criativas, mas já são indispensáveis no álbum. As fotos criativas se resumem em imagens totalmente fora dos padrões e de lugares inusitados.

Para esses tipos de fotos é importante procurar um profissional que tenha a mente mais aberta, esteja acostumado com esse tipo de ideias e que esteja ligado a todos os momentos do casamento, não perdendo nenhum momento que possa ser interessante para acrescentar no álbum. Mas é importante que além da criatividade das imagens elas tragam beleza e demonstração de amor, diferente das fotos pousadas que não mostram muito sobre os noivos.

Os álbuns também aparecem com uma roupagem nova como:

  • Nas capas dos álbuns são inseridas frases que simbolizam o casal ou fotos;
  • Os tamanhos das imagens variam muito e não seguem mais um padrão;
  • Cores são usadas tirando o preto e cinza dos tradicionais.

De acordo com os fotógrafos os álbuns de casamentos modernos retratam bem os noivos e os seus gostos, portanto seja diferentes ou tradicionais, faça algo que tenha a ver com o seu perfil, mas busque fazer pelo menos uma ou duas fotos diferentes, você não irá se arrepender.

Dicas para a Valsa – Faça seu casamento ainda mais inesquecível!

28 abril, 2015 por admin

Há quem diga que um casamento sem a valsa não é casamento, isso porque a dança foi inserida há muitos anos nas cerimônias seguindo como uma tradição. A coreografia era realizada com o intuito de se mostrarem como marido e mulher pela primeira vez diante à sociedade, apresentando a desenvoltura do casal e o quanto eles estavam preparados para se tornar uma dupla. Com as diversas mudanças mundiais, as coreografias dos casórios também sofreram alterações, representando atualmente apenas como a primeira dança realizada no casamento, após estarem oficialmente casados, e abrindo para os familiares e convidados a pista do salão. Porém apesar das transformações ela continua sendo um dos momentos mais esperados desse grande dia.
Uma das grandes novidades dos casórios é justamente a mudança do clima sério e elegante da valsa para algo descontraído e engraçado da mistura de diversos ritmos em uma mesma coreografia, pegando muitas vezes os convidados de surpresa e gerando boas risadas.

Muitos casais ficam em dúvida de realizar ou não a performance devido à vergonha ou falta de desenvoltura com a dança, mas para isso existem escolas preparadas e focadas para justamente esse tipo de dificuldade. O Núcleo de Dança dos Noivos, estúdio especializado em dança cerimonial para casamentos, bodas e debutantes, atuando a 7 anos no mercado, já desenvolveu mais de 1.200 coreografias e passando por mais centenas de situações de dificuldades dos noivos em realizar a apresentação, mas com profissionalismo e paciência dos profissionais do estúdio esse nunca foi um problema para não atingir o objetivo dos noivos, o qual a escola garante que será superado, assim como o casal relata (veja aqui o depoimento). Ou seja, não há mais desculpas de não realizar a tradição e deixar seus convidados decepcionados com a espera desse grande momento.

casamento

Tipos de danças para o casamento

Apesar das mudanças muitos casais ainda preferem seguir o modelo clássico da valsa, outros preferem algo inusitado, e há aqueles que ainda não se decidiram qual escolher. Para ajudar principalmente os casais indecisos, o Núcleo de Dança dos Noivos separou os modelos mais procurados e executados no grande dia:

  •  Tradicional dança dos noivos
    Muitos confundem a dança cerimonial com a dança de salão, mas apesar de seguirem o mesmo princípio corporal, a dança de salão é mais relacionada para solteiros com objetivo de se socializarem. Já o estilo cerimonial trata-se de uma dança desenvolvida para as famílias e é realizada por casais como, pai e filha, marido e mulher, irmão e irmã. Sendo esse o ideal para a ocasião. O estilo tradicional é aquela que seguirá os padrões antepassados, escolhendo a valsa como única música tocada nesse momento, e tirando muitas lágrimas dos convidados que se emocionam com dança.
  • Valsa Moderna
    A valsa moderna é uma mistura da valsa com coreografias temáticas que remetem a cenas de filmes de grandes sucessos, como a famosa performance do filme Dirty Dancing ao som de Time Of My Life, Michael Jackson em seu clipe Thriller, ou a recente performance de Ed Sheeran em seu mais novo vídeo clipe Thinking Out Loud – assista.
    A escolha da valsa moderna deve ser feita com muito cuidado, pois, atualmente muito se vê danças com bastante mistura de ritmos perdidos uns dos outros, tais como: funk, sertanejo, samba, rock entre outros. Mas para esse tipo de coreografia, o Núcleo de Dança dos Noivos acredita que não é necessário ensaios para desenvolvê-los.Muitas escolas de dança convencionais tiram proveito disso como “dinheiro fácil”, vendendo aos noivos um ideal avesso, deturpando completamente os princípios da cerimônia. Noivos são figuras desacreditadas por esses profissionais para aprender uma coreografia completa solene em pouco tempo (3 meses), enquanto a verdade é que, infelizmente, não dispõem de um método adequado para o preparo deste perfil de aluno, pois, estes professores, estão engessados nas técnicas puras de ensino de dança convencional, não entendendo a realidade de uma cerimônia, mas para não perderem a chance de vender, criam nos noivos uma falsa expectativa de facilidade e modernidade com suas “valsas malucas”

casamento

O interessante da dança é que o casal possa senti-la, mesmo que seja levada como algo mais descontraído, mas não perdendo as técnicas da dança, que são justamente essas que conectam ainda mais o casal. Nesse estilo de apresentação a participação de convidados, padrinhos ou familiares também podem ser algo interessante.

O importante é os noivos se sentirem bem com a apresentação escolhida e realizada, independente qual seja o estilo dela. O que não deve é hesitar em realizar algo que tanto deseja por timidez ou falta de desenvoltura, lembre-se que isso será feito apenas uma vez e que por sinal é um dos dias mais importantes da sua vida.

Inspire-se com o estilo de valsa moderna

Conheça um pouco mais sobre o trabalho do Núcleo de Dança dos Noivos no vídeo abaixo.

Casamento: Tudo sobre o grande dia

23 abril, 2015 por admin

Mesmo que ainda comprovado pelos dados do IBGE que o mês das noivas é Dezembro, o mercado e os assuntos de todos os veículos de comunicação giram em torno do casamento no mês de Maio, como se fosse uma tradição casar-se nesse mês. Para aquelas que já tiveram sua troca de votos o assunto vem à tona relembrando o quão bom foi o momento. Mas para quem ainda não casou ou já está organizando a realização do sonho, o assunto vem com brilhos nos olhos e ao mesmo tempo com um turbilhão de pensamentos que muitas vezes não consegue colocá-los em ordem. Blogueiras - feira da noiva

Graças aos avanços tecnológicos a internet veio para somar no fator informação, e é através desse meio que as noivas mergulham de cabeça para pegar dicas e referências. Devido a isso a Feira da Noiva entrevistou as blogueiras mais conceituadas na internet sobre casamento, com o intuito de entender e ajudar ainda mais as mulheres para o grande dia, porque falar de noivas sem se relacionar com elas é quase impossível. Casar é muito mais que apenas um dia “é lidar com sonhos, angustias, medos e felicidade o tempo todo” como pontua Patrícia Fortes do blog Noivas do Brasil, o qual está no ar há seis anos. Para isso é preciso além de se identificar com o assunto, gostar e se preocupar com todas as pessoas envolvidas, desde madrinhas até as noivas, e essa paixão é o que não falta nas blogueiras entrevistadas, que unanimemente relataram o amor sobre o assunto e a vontade em ajudar as futuras noivas como o grande objetivo de manter as plataformas ativas, “os emails e comentários que recebo são o que me motivam a continuar com o blog. As pessoas precisam de informação além de inspirações. Fico feliz quando uma leitora diz ‘era isso que eu estava procurando’”, diz Rubia Rocha do Blog do Casamento que divulga há seis anos dicas aos internautas.

Atualmente se procurar no Google “Blog de Casamento” serão encontrados mais de 14 milhões de resultados sobre o tema, ou seja, é um assunto que nunca sai de moda e que só vem crescendo. E com tanta responsabilidade que um blog criou sobre as noivas, é preciso se dedicar a ele o máximo possível, que foi o caso da blogueira Manoela Cesar do blog Colher de Chá Noivas que largou o emprego de redatora em grandes jornais, pois não aguentava mais falar de assuntos tristes e dedicou-se completamente a histórias de amor, gerando grandes resultados há dois anos.

Quais são os tipos de casamentos?

Todo ano os noivos procuram cada vez mais lugares significativos às suas histórias como, por exemplo, praias privadas – tendo apenas os noivos e cerimonialista – casamentos fora do país ou ainda casamentos em lugares inusitados como embaixo da água, em baladas entre muitas outras originalidades que contribuem para o leque de opção de lugares exóticos. Contudo apesar das modernidades inseridas no mundo, os casamentos realizados nas igrejas são ainda os mais procurados, para o Blog Colher de Chá Noiva essa tradição nunca morrerá “As igrejas sempre serão bastantes procuradas, porque está em nosso DNA português”, mas Rubia Rocha ressalta a grande procura de lugares abertos e cerimônias diurnas. Esse aumento pode estar inserido nos casamentos homoafetivos, já que no Brasil ainda não é legalizado o casamento gay em igrejas, sendo apenas possíveis os casamentos civis.

Para o público homossexual a tradição se altera ainda mais devida às restrições impostas por todos os lados. Muitos casais buscam por mini wedding – casamentos pequenos – e lugares abertos, sendo realizado na grande maioria por um juiz de paz.  E em alguns casos, até os modelos de convites sofrem mudanças, com o fato de muitos pais não apoiarem a união, os casais buscam por tirar o nome deles e colocarem outros dizeres. Mas independente das dificuldades, as alterações do mercado para se adequar aos novos modelos é notório “O mercado que antes era tradicional, hoje vem adequando-se aos novos padrões, que por sinal, possuem os mesmos anseios e desejos que todo casal tem ao pensar em casamento”, completa Patrícia Fortes. “Os casamentos homoafetivos são casamentos iguais aos outros: duas pessoas que se amam e desejam celebrar” defende a Manoela César.

Outro público que tem ganhado espaço no tapete vermelho é os da terceira idade que, segundo o IBGE cresceu 44% desde 2003 enquanto a população em geral ficou estacionada em 28%. Casando mais de 9 mil idosos acima dos 61 anos de idade em 2011, que foi a última data de pesquisa sobre o assunto.

Esse crescimento é devido a:

  • Aumento da expectativa de vida das pessoas;
  • Independência financeira dos aposentados;
  • Autoconfiança, devido à experiência de vida adquirida ao longo dos anos.1

Para eles os casamentos também seguem de forma mais discreta e optam por mini wedding e espaços alternativos como salões, restaurantes e ambientes domiciliares, independente do local é interessante e lindo de ver que os vovôs e vovós não estão deixando suas vidas em segundo plano, e como pontua bem o Blog Noiva do Brasil “o amor não tem sexo e nem idade”.

Para todos os tipos de casamentos uma das dicas do Rubia Rocha é “faça sempre a lista de convidados antes de começar a pensar no assunto. Se o orçamento permitir o céu é o limite, se não permitir, a busca por opções começa por aí”. A lista de convidados muda totalmente o visual do casamento, direcionando os noivos onde é melhor comportar um grande número de pessoas ou um pequeno grupo.

Convidados são a alma da festa

Mesmo que não seja você o felizardo a subir no altar, a maioria das pessoas adora uma festa de casamento, seja pelos quitutes, pela diversão ou por querer presenciar um momento importante da vida das pessoas, o fato é que um casamento é sempre bem-vindo na lista de coisas a fazer.

Costuma-se dizer que o casamento é feito para os outros, e em partes isso não é mentira, visto que serão eles que vão aproveitar e usufruir de cada detalhe escolhido a dedo pelos noivos. Apesar de serem bem quistos na cerimônia e na festa, a maior preocupação dos noivos é entorno de servir bem os convidados. 

Os itens mais observados:

  1. Comidas e bebidas
  2. Música
  3. Decoração

Claro que a noiva também é um dos itens muito comentado após o casamento, mas serão os três itens acima que farão com que os convidados saiam satisfeitos ou não de um casamento. Para o Blog Colher de Chá os convidados que saí falando mal da festa não mereciam ter recebido o convite. Isso por que os preparativos e os limites inseridos no casamento são itens que não são divulgados aos convidados e o que ali está inserido foi o máximo realizado pelos noivos. Por mais difícil que seja, é importante a noiva não se preocupar com o que cada um vai pensar, porque de fato é impossível agradar a todos.

shutterstock_247468942

Gafes a evitar:

  • Para as mulheres, evitar vestidos brancos ou claros;
  • Levar pessoas que não foram convidadas;
  • Não ir somente à festa;
  • Levar arranjos da festa.

Há o costume de levar as coisas da mesa para a casa, mas além dessa atitude não ser de bom tom, você não sabe o que foi acordado entre os noivos e os organizadores, talvez esse item possa ter um valor a mais no caso de sumir ou quebrá-los. Ou ainda para outras finalidades como no caso de muitos floristas realizarem trabalhos voluntários com as sobras dos arranjos, os quais muitas vezes estão ótimos para uso, e doam para Ongs, como, por exemplo, Ong Flor Gentil que presenteiam idosos em asilos ou ainda promovem a decoração de casamentos e festas de pessoas carentes com flores que seriam descartadas. Ou seja, leve para casa somente aquilo o que for oferecido, assim não corre risco de uma possível vergonha.

Noiva: a personagem principal

As preocupações das noivas são claramente opostas aos convidados, e ao invés de comidas e música os itens são substituídos pelo vestido de noiva e toda a parte de beleza inserida como, cabelo, maquiagem, unha entre outros. A mesa do bolo, que atualmente está tomando uma atenção maior que outros detalhes e a decoração tanto da cerimônia quanto da festa.
Com tantos detalhes necessários que compõe um casamento é natural algumas coisas não terem tanta importância quanto outras “não diria que alguns itens passam despercebidos e sim, que elas relocam as prioridades” defende Patrícia Fortes. Mas seja na recolocação dos itens ou não as noivas não dão muita atenção aos itens burocráticos como:

  • Se há estacionamento ou vallet no lugar;
  • Seguranças para a festa, no caso de alguma eventualidade;
  • Banheiros limpos e higienizados;
  • Documentos para o casamento civil;
  • Contratação do cerimonial;
  • Entre outros pequenos detalhes.

aluguel do vestido de noiva

Por mais que não se tenha a mesma preocupação desses itens aos demais, é preciso se atender aos detalhes que oferecem conforto e segurança aos convidados, segundo o Blog Colher de Chá Noivas. Para as noivas mais antenadas os itens básicos até os mais burocráticos não são passados batidos “mas cada caso é um caso, já vi casamentos que a noiva foi ver o vestido um dia antes, outra foi lembrar que ainda não tinha brincos na semana do casamento” recorda Rubia Rocha

O que se deve procurar com bastante atenção e cuidado é o profissional das fotografias e das filmagens, pois serão eles os responsáveis por todas suas lembranças. Um fotógrafo sem muitas qualidades pode fazer com que não tenha boas recordações desse grande dia, trazendo uma enorme decepção e a impossibilidade de voltar atrás.
Diante tantas mudanças, os modelos de fotos de casamento também ganharam novidades e em troca de fotos pousadas e padrões, os noivos buscam por algo mais moderno, descontraído e autêntico, brincando com os tipos de fotos e criando maiores opções de imagens para representar o dia.

Contudo não é só porque é o dia da noiva que tudo pode ser feito. Ao contrário da cultura do atraso das noivas, isso é pontuado como falta de respeito com os convidados “além de atrasar todo o cronograma do dia” complementa Rubia Rocha.

Evite também outros fatores como:

  • Enviar convites por email, os convites devem ser entregues pessoalmente, caso não der contrate um motoboy ou serviço de correio;
  • Só colocar itens caros na lista de casamento.

Toda preocupação que antecede o grande dia é perdoável, mas no dia do casamento todas as preocupações devem ser abolidas “A noiva deve ter profissionais capacitados para resolverem tudo por ela, confiar neles e se concentrar no ritual que está prestes a vivenciar” completa Manoela César.

Quanto custa a organização do casamento?

Para aquelas que não irão se casar as pressas, tendo poucos meses para organizar seu casamento – como muitas por aí – o ideal, segundo as blogueiras, é que seja organizado com um ano e meio de antecedências. Esse tempo além de não permitir que seja esquecido nenhum detalhe ajuda a diminuir o estresse e exaustão da noiva, sem falar em se organizar financeiramente melhor. “Eu defendo que a antecedência é sempre a melhor amiga dos noivos. Isso porque podemos garantir os melhores profissionais, melhores preços, tudo com muita calma e tempo” ressalta o Rubia Rocha do Blog do Casamento.

Não é preciso organizar um casamento para chegar à conclusão que “casar é caro”, mas isso não significa que todos devem seguir esse padrão. Se conseguir organizar seu casamento dentro de um orçamento considerável, Parabéns, essa deve ser a ideia inicial – casar sem ter dívidas e gerar problemas financeiros futuros – Obviamente o valor do casamento depende do estilo de cada um, mas os buffets variam de R$ 100 a R$ 250 por convidado. Um casamento considerável bom com 200 convidados giram em torno de 50 mil, “não há realmente como prever, pois cada festa é diferente da outra e os itens e qualidades deles podem variar muito” completa o blog Colher de Chá Noivas. Mas se a parte financeira é um problema, busque um planejamento antes de iniciar os preparativos.

2

Felizes para sempre

Apesar da descrença das pessoas sobre o amor e principalmente sobre o casamento, ele ainda existe com a finalidade da união eterna. Mas casar, como um todo, não é uma tarefa fácil, tanto na parte de autoconhecimento quanto na organização do mesmo, mas o acima de todas as dúvidas e dificuldades deve estar o amor do casal, o qual sendo verdadeiro supera-se as demais etapas.  “Aproveite a fase dos preparativos do casamento como uma grande oportunidade de se conhecerem como casal, de identificarem como é importante ceder, ouvir, negociar etc. a vida a dois irá exigir isso” alerta Manoela César

Por mais importante que a data seja para todos que presenciam, em especial aos familiares, a noiva e o noivo devem ser os grandes ícones do dia, e tudo ao redor a eles devem imprimir suas identidades, dês do vestido de noiva até o tipo de flor escolhida. Geralmente o casamento é pouco aproveitado pelos os noivos, então mude esse roteiro, curta, dance e aproveite cada minuto desse dia, ele é único – e não foi fácil tê-lo – “independente de o casamento ser para 10 ou 1000 pessoas o importante é ser feliz” completa Patrícia Fortes.

A Feira da Noiva tem o enorme prazer em fazer partes de grandes histórias de amor durante todos esses anos, fazendo com que nos motive cada vez mais em realizar sonhos.

participe-da-feira-da-noiva

 

Gostaram? Compartilhem com suas amigas!